Rise of Rome

Fórum do Live Action de Vampiro A Máscara.


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Chegada ao Templo de Silenus

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1Chegada ao Templo de Silenus Empty Chegada ao Templo de Silenus em Qua Jan 11, 2012 2:09 pm

Radamanthys entra no Templo e espera que lhe mostrem quem é Silenus.

Ver perfil do usuário

2Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 6:10 am

[Off: acredito que uma recepção apropriada deva ser escrita pelo narrador, pois já escrevi para ele tem tempo quais seriam os preparativos. Como eu não controlo as npcs, ficarei no aguardo até a manifestação do nosso "contador de histórias".]



Última edição por Silenus em Qui Jan 12, 2012 7:08 am, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

3Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 6:51 am

OFF** O André é um puto msm cara!! Pra que tanta formalidade?? 0.o

Ver perfil do usuário

4Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 7:09 am

[Off: nesse caso é minha, pois eu já descrevi tudo para ele de antemão, então o ideal seria que ele começasse a narrar sua chegada. Caso ele queira posso já interpelar a narrativa e partir direto para a recepção.]

Ver perfil do usuário

5Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 9:25 am

Admin

Admin
Admin
[Deixem comigo meus queridos]


on: A entrada do templo parece com a descrição dos templos gregos, mármore simples com pilastras, o templo tem o seu interior escurecido no momento, e apenas o fogo de uma tocha intermitente pode ser visto.

Érebo caminha a frente de Radamanthys e para falando ao Cretense:

- Peço que espere um pouco, direi ao meu mestre de tua presença.

Sem esperar a resposta de Radamanthys Érebo entra no templo sumindo na escuridão.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

6Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 9:41 am

Radamanthys se vira para Distran e Triadus e diz - Não sei o que está nos esperando, mais é bom que já fiquemos atentos a tudo que se passa e Dristan, você me parece o com maior conhecimento quanto a bons modos de nós 3, deixarei toda a parte burocrática com você. - Radamanthys espera que seus companheiros entendam ou algo proximo a isso e se vira para a porta.

Radamenthys se cobre com seu manto vermelho e apoia as mãos nos cabos das espadas ainda nas bainhas.

Ver perfil do usuário

7Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 12:12 pm

Admin

Admin
Admin
O negro se aproxima de novo da porta do templo voltando com ares mais leves e um semblante sereno.

- Venham, Lorde Silenus vos recebe em sua casa para que aproveitem da fartura que vos preparamos..acompanhem-me.

Érebo vira-se esperando que os homens o acompanhem.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

8Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Qui Jan 12, 2012 1:09 pm

Radamanthys começa a caminhar acompanhando o homem, olhando as estruturas e a construção mais com sua atenção em qualquer movimento suspeito.

Ver perfil do usuário

9Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 13, 2012 8:17 am

Admin

Admin
Admin
Enquanto Érebo continua a caminhar com uma vela em suas mãos, o fogo crepita silenciosamente a medida que o ar do local se torna mais abafado, o salão principal não tem nada significativo para que os visitantes notem qualquer coisa de anormal, fora o cheiro de incenso que começa a se tornar mais forte a medida que se aproximam de uma escada em espiral de mármore, Érebo vai subindo as escadas e logo Radamanthys começa a sentir um cheiro adocicado de sangue, suas presas logo ameaçam sair, a fome emerge de uma forma que Radamanthys parece não se controlar, mas depois de alguns momentos em profunda concentração Radamanthys consegue ir em frente, ao chegar em um arco, a entrada leva a uma sala com diversas almofadas, homens e mulheres nus estão por toda a parte, alguns deles efetuam cortes nas regiões do pulso e do peito, e o sangue dos humanos parece simplesmente delicioso demais a visão do cainita, logo que chega duas mulheres se aproximam completamente nuas e começam a massagear o cretense falando:

- Venha, divirta-se conosco, use-nos como bem entender.


Radamanthys percebe que Dristan está mais atrás e se senta em uma das almofadas, ele parece perplexo. Triadus está com duas mulheres tentando envolvê-lo a medida que vcs entram no lugar.

Muitas bebidas, fumo e frutas estão espalhadas pelo local e os mortais ali parecem estar celebrando, bebendo com gosto muitos estão se acariciando o cheiro do sangue é simplesmente irresistivel demais para os cainitas que adentram o local. O incenso vem dali, percebe-se que existem alguns incensários no local e neles queima uma espécie de erva também.


Érebo se aproxima e fala:

- Meu senhor Silenus virá em breve, ele transmite as boas vindas a seus convidados e pede que todos aproveitem de seu próprio rebanho como celebração por sua chegada. Aproveitem! Desfrutem do que há de melhor! Se precisarem de algo eu estarei na porta.



off: Rodrigo, você passou no teste de autocontrole, mas vc teve um sucesso, ou seja, vc se sente inclinado a se alimentar, mas poderia recusar embora va contra a sua natureza predatória.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

10Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 13, 2012 8:31 am

Radamanthys se vê tentado com todo o ambiente e pensa "Ainda não entendo o motivo disso, esse Silenus deve ser louco", a fome começa a se apoderar de Radamanthys e o cheiro se torna mais delicioso ainda. Forçando sua mente contra sues instintos Radamanthys tenta se manter mas é derrotado pela fome e resolve se alimentar um pouco enquanto aguarda a figura de Silenus aparecer.

Ver perfil do usuário

11Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 13, 2012 9:07 am

Admin

Admin
Admin
O Sangue começa a jorrar para dentro de Radamanthys e logo a besta emerge querendo mais, o cainita consegue se segurar apenas por um fio antes de tirar a vida da mulher nua em seus braços, ela está tonta e extasiada pelo Beijo. Triadus não consegue se controlar e começa a se alimentar das mulheres em seu colo, mais algumas mulheres se aproximam dele e começama a deitá-lo fazendo massagem em seus músculos e até mesmo passando as mãos em partes íntimas, ele parece saciar a fome e o deleite enquanto se deita e bebe das mulheres, os rapazes que estão na sala começam a se aproximar de Dristan que havia recusado as mulheres, mas o feiticeiro simplesmente recusa os homens também, sentado apenas observando a tudo ele permanece tentando entender o que há por trás de toda essa celebração e gentileza.

Radamanthys que não se contentara com o pouco que bebeu parece ter vontade de drenar mais da vitae das mulheres, mas como sua mente ainda é clara ele sabe que não deve matá-las pois elas pertencem ao anfitrião Silenus.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

12Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 13, 2012 9:20 am

Após alimentar-se Radamanthys vai em direção a Dristan e pergunta em voz baixa - Também acha estranha toda essa recepção? - e se senta ao lado de Dristan

Ver perfil do usuário

13Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 13, 2012 12:36 pm

Admin

Admin
Admin
Radamanthys se sente estranho depois de beber todo aquele sangue ele se sente muito mais eufórico e alegre, uma sensação de extase percorre todo o corpo do cainita que tem até mesmo as funções mortais voltando a funcionar de forma bem limitada, mas ainda assim o coração voltou a bater, as mulheres se aproximam dele e começam a tocá-lo de maneira sensual, ao ver tudo isso Radamanthys se surpreende com a sensação de excitação e o fato de estar com o pênis ereto agora, afinal já não usava a muitos anos.

Dristan faz uma afirmação com a cabeça:

- Volte a diversão, deixe que eu vigio a todos.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

14Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 13, 2012 12:52 pm

A euforia de sentir-se vivo novamente, isso faz Radamanthys um sentimento estranho mais mesmo bom, "Isso não está certo, como posso sentir meu coração dentre outras coisas" pensa Radamanthys de maneira assustada, o suor frio passa pelo seu rosto e uma expressão de susto é vista em seu rosto.

Radamanthys se desvencilha das mulheres com cuidado para não machuca-las, e ainda perplexo se senta ao lado de Dristan, olhando para seu corpo e pergunta - Dristan, como isso é possivel, sinto meu corpo quase como se fosse antes. Que bruxaria é essa? - e continua a olhar para suas mãos.

Ver perfil do usuário

15Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Seg Jan 16, 2012 1:14 pm

Admin

Admin
Admin
Dristan se volta para Radamanthys

- É possível pq o sangue que corre nas suas veias carrega ópio e alucinógenos, você só está excitado vá até as mulheres e termine com isso de uma vez.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

16Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Ter Jan 17, 2012 11:08 am

Radamanthys se vê tentado a prosseguir, mas como guerreiro ele pensa na missão e nos problemas que poderia acarretar perder a lança e se foca em esperar por Silenus com sua mente sã para mante-lo atento.

Ver perfil do usuário

17Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Ter Jan 17, 2012 11:58 am

Admin

Admin
Admin
Radamanthys mantém o foco por alguns momentos mas é tudo q seu autocontrole aguenta e ele acaba por se deixar levar pelos pecados da carne e da luxúria, bebendo dos mortais o seu sangue fica poluído por ervas e alucinógenos exóticos de maneira que ele passa a ver o mundo a sua volta se transformar, as mulheres na verdade tem asas de morcego e faces avermelhadas com chifres parecendo o de demônios. O efeito dura atéque ele gaste todo o sangue que ingeriu o que demora cerca de algumas horas.

Dristan havia pego a lança, e sentou-se guardando a tudo e todos.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

18Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 20, 2012 8:12 am

OFF** Agora eu espero pelo Silenus...?

Ver perfil do usuário

19Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 20, 2012 8:35 am

No auge do êxtase do banquete eis que adentra no recinto Silenus, vestindo um robe de seda com barras ornadas com hieróglifos dourados. Ele caminha calma e silenciosamente até um trono com mais símbolos egípcios.

"Espero que todos estejam apreciando o banquete, mas agora vamos aos negócios." Com um único estalar de dedos todos os mortais se retiram.

"Sou Silenus, To Mega Tyranus. Sejam vós, irmãos helenos vindos de Creta, muito bem vindos."

Ver perfil do usuário

20Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 20, 2012 1:06 pm

Admin

Admin
Admin
Dristan é o primeiro a se levantar, ele está trajando um robe vermelho meio desgastado pelo tempo, ele está com uma lança em mãos mas faz menção de baixa-la para que não haja nenhuma ameaça, se aproxima do Regente de Sicilia e se posta de joelhos.

- Meu Príncipe, sou Dristan cria de Al Ashrad cria de Ur Shulgi Cria de Haqim

Triadus parece ainda sob efeitos de alguns dos alucinógenos, ele se aproxima do regente tentando manter a postura. Ajoelha-se.

- Vossa Majestade, sou Triadus, cria de Minelau, Cria de Dracon, Cria de Mekhet.

Ver perfil do usuário http://roma.umforum.net

21Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Sex Jan 20, 2012 2:30 pm

Os olhos de Silenus parecem cravados em Radamanthys, ansioso por sua apresentação. Embora tenha demonstrado interesse passageiro em Dristan e Triadus.

Ver perfil do usuário

22Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Seg Jan 23, 2012 6:24 am

Silenus vê um homem de aproximadamente 6 pés de altura com cabelos negros e pele branca, os olhos completamente sem expressão nenhuma, trajando um manto completamente vermelho, por dentro do manto ele consegue ver duas espadas e a armadura de Radamanthys.

Radamanthys se levanta ainda tonto pelo sangue dentro dele, olha para Silenus e faz uma reverencia e volta a olha-lo com e diz:

- Sou Radamanthys cria de Kirlik, cria de Marte. Obrigado pela refeição e pelo estadia.

Radamanthys se põe de pé e se aproxima de Silenus - Mais acredito que isso tudo tenha algum motivo, certo? - diz ele com a voz meio entorpecida pelo sangue.

Ver perfil do usuário

23Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Seg Jan 23, 2012 8:08 am

Silenus sorri maliciosamente e responde a seu convidado.

"Mas é claro que tem um motivo! Quão feliz poderia estar eu ao receber convidados em minha casa, visitantes vindos de Creta, um descendente de Marte, sem oferecer um banquete digno do êxtase que me foi proporcionado? Agora veja, tudo o que tenho de melhor e mais agradável vos foi oferecido, permiti que se banqueteassem em minha casa, de meu rebanho, conforme suas naturezas preferissem. Seria o mínimo cordial de sua parte agora, após calorosa recepção dizer-me por que aportaram aqui, se precisam de abrigo, se só estão de passagem?... aquelas formalidades que sei que seu Senhor e o Senhor dele jamais teriam deixado de te ensiar."

A face de Silenus transparece agora tamanha seriedade, diferente de quando entrou no salão, talvez por ter Radamanthys interrompido as festividades com pergunta tão objetiva.

Ver perfil do usuário

24Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Seg Jan 23, 2012 12:51 pm

- Viemos apenas para reabastecer o navio, só paramos por necessidade... - Diz Radamanthys com sua voz fria, porém afetada pelo sangue dentro dele.

- Se bem que eu ainda tenho motivos para voltar a este lugar exótico e belo, se não for nenhum problema para o Senhor - Radamanthys se sente meio tonto e cambaleia um pouco e logo se põe de pé novamente.

Ver perfil do usuário

25Chegada ao Templo de Silenus Empty Re: Chegada ao Templo de Silenus em Seg Jan 23, 2012 1:24 pm

"Não há problema algum, volte sempre que desejar. Apenas digam o que precisam e lhes será providenciado, nenhum descendente de Marte, Dracon, até mesmo Ur Shulgi passará privação em meus domínios. Meu único pedido é que sejam cautelosos e não desrespeitem As Leis."

Silenus em sua polidez e cordialidade faz parecer que sua reputação poderia ser injusta, ou equivocada, afinal ele é um Ancião que se distanciou há muito do convívio com os Humanos.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Tópicos similares

-

» #Capítulo 01 - Trevas
» Ilha de Ilk Hata

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum